parada de orgulho

desordenando a política!

ocupar o momento, fazer parar o tempo

os sentidos degustando odores de belezas táteis

ouvindo o grito

do silêncio sempre imposto

A repressão é a navalha

que corta fundo

e faz jorrar o sangue-íris

Colorindo o asfalto cinzento da Paulista

ocupar as ruas,

ocupar a mente,

ocupar o corpo,

tudo ocupar com muito gosto

Sejamos pornográficos!

Ocupar a torre

pelo simples prazer

de subir e descer

O ir e vir

Os sentimentos ocupando as ruas

This entry was posted in Notícias. Bookmark the permalink.

1 Response to parada de orgulho

  1. AUTÔNOMO says:

    DECERTO DE CU É ROLA

Comments are closed.